REVIEW: True Blood – “Radioactive” (S06E10)

tberic

Postado Por: Lara Gutierrez

Sinopse:

Jason sente, em primeira mão, uma atração vampiresca. Enquanto isso, Bill percebe que a salvação não vem de graça. Para completar, Sookie considera seu futuro com Warlow ao mesmo tempo em que uma nova crise ameaça tanto os vampiros quanto os humanos.

Uma season finale perfeita durante 30 minutos. Sem dúvida, não fosse pela pedante segunda metade do episódio teria sido de longe o melhor episódio da temporada. Mas esse ainda fica a cargo do segundo episódio mesmo.

O episódio se inicia com algo que já havia sido deixado de lado há séculos: Sookie e Alcide. Ninguém nem cogitava mais que haveria algo entre eles, mas bastou dois minutos para logo imaginarmos que algo iria acontecer. No meio de uma conversa, de repente eles são interrompidos por um bando de vampiros felizes comemorando a possibilidade de poderem novamente andar ao sol.

Sookie vai conversa com o Jason que estava entre os vampiros, já que agora pertence à Violet, numa cena muito engraçada em que ele apresenta sua irmã para à vampira doida. Pam movida pela felicidade chega até Sookie e a abraça, e depois vem Tara e Jessica. Sookie, sabendo que terá que cumprir sua promessa com Warlow brevemente não consegue disfarçar sua preocupação e se despede de todos um tanto tristonha.

Enquanto isso, Bill observa tudo pela janela de sua mansão. Com o o-l-h-a-r. AQUELE olhar que nós já conhecemos. O olhar do Bill, não de Bilith. Jessica chega e ele conta para ela que junto com o sangue que se foi, os poderes como Lilith também, e ele voltou a ser apenas o Bill Compton de sempre, e com isso veio outra coisa… Sookie. A parte que bloqueava o amor que ele sentia se foi. É quando ele (pela insistência de Jessica “O Bill que eu conhecia andaria pelo fogo por ela!” ♥-♥) resolve salvar Sookie de se transformar na Rainha Fada Vampira – e, claro, ele pede ajuda a Jason. O plano também envolve Andy e sua filhinha fada que ajudará a abrir o portal para o país das fadas onde Warlow está mantendo Sookie prisioneira.

Então mais uma vez tudo se transforma em uma missão para salvar Sookie, ainda que ela seja forte e independente, de alguma maneira sempre acaba (da maneira mais digna possível, claro) em apuros. E mais uma vez, depois de tudo, é ele que estar lá por ela – o infame vampiro Bill.

Logo Warlow mostra sua verdadeira face, que não é nenhum pouco de um príncipe apaixonado por sua princesa, e sim de um sujeitinho egoísta que não tem a menor ideia de como conquistar alguém e sim de apenas forçar. E amarra Sookie na árvore na qual se realiza o ritual para transformá-la para sempre em sua companheira (ou escrava, mais adequado).

Eu sei que não são muitos fãs que gostam de Bill&Sookie, mas eu sou exceção, eu acho eles perfeitos juntos. Eu fico arrasada quando o Bill não está apaixonado por ela porque para mim nada supera a forma como ele a olha, aquela adoração em um simples olhar, como ele sabe demonstrar o poder que ela tem sobre ele. Ele é tão mais forte que ela, mais poderoso, mais velho, mas ainda assim ela significa o mundo para ele. Ela é sua fraqueza, não existe nada que ele não faria por ela. Isso me derrete, sinceramente. Me julguem.

Eu cheguei a pensar que essa temporada acabaria e não voltaria a ter mais nada do Bill voltando a amar a Sookie, mas mais uma vez foi deixado claro que o amor dele não vai ser deixado de lado assim tão fácil. Pode vim Erics, Warlows, Alcides. Mas Bill é Bill. Ainda bem (haters gonna hate haha).

Enfim, Jason, sua vampira Violet, Andy, Adilyn e Bill entram no país das fadas e conseguem salvar Sookie no último momento, Bill fica tentando acabar com Warlow, mas leva a pior. Warlow escapa e quem acaba o matando é Jason e o Padrinho mágico deles, que volta sem explicações. Essa morte de Warlow ficou horrivelmente mal explicada, porque até aonde sabíamos ele só morreria com a luz da Sookie, mas ele morreu com uma apunhalada no peito, e sem explicação nenhuma de como o padrinho voltou.

Até então o que acontece com o resto dos personagens é que a Pam abandona Tara para ir atrás de Eric, Jessica namora o tal James, e Jason é o humano dessa vampira meio instável Violet. E o mais drástico dos acontecimentos, sem dúvida, e o que está todo mundo especulando é a suposta morte de um dos personagens mais amados da trama: Eric.

Depois de passar o efeito do sangue de Warlow, os vampiros voltam para as trevas, e Eric estava curtindo um bom solzinho peladão nas montanhas do Alaska, quando de repente ele começa a pegar fogo. LÓGICO que ele não deve ter morrido, mas muita gente está realmente acreditando nessa morte. Mas se vocês pararem para pensar, a Pam não apareceu mais, ou seja, nós não sabemos onde ela está enquanto isso. Eu tenho certeza que ela salvou ele no último segundo, não é possível que ele vá sair da série. Aposto muita coisa nisso.

Ah, e Eric estreou o primeiro nu frontal masculino de True Blood. Wow. E eu só reparei da segunda vez que assisti porque a nossa querida nerd Alina Oliveira me fez o favor de alertar nesse detalhe. HAHA.

Pois bem, nesse contexto, após o resgate da Sookie e a morte de Warlow se passam 6 meses, Bill escreve um livro contando para todos a sua experiência como deus. Sookie aparece em sua casa assistindo a uma entrevista dele pela televisão com a expressão claramente apaixonada. Esses dois se amam e é muito triste quem não ver isso, só acho. Então surge o Alcide, e o que ficou subtendido no início do episódio se confirma nesse momento, depois de dois vampiros e um vampiro/fada, Sookie tenta uma nova raça – lobisomem. Afinal, a gente tem que experimentar de tudo nessa vida, né?

Em uma reunião da igreja descobrimos que Sam virou prefeito da de Bon Temps. E com todos os acontecimentos ele faz um discurso subversivo de que com a situação atual de algumas gangues de vampiros atacando pequenas cidades e matando pessoas, seria bom que cada humano tivesse um vampiro para protegê-lo, em troca o humano alimentaria esse vampiro.

Um jantar é promovido para haver essa interação entre vampiros e humanos, para cada um achar um parceiro. Nesse momento, ocorre uma das cenas mais lindas, que é finalmente Bill tentando se reaproximar de Sookie, perguntando se ela já tem um vampiro que a proteja, deixando Alcide com ódio. O diálogo perfeito “She has me!” (Ela tem a mim!) e então Bill solta “You’re not good enough.” (Você não é bom o bastante.”), então Alcide fica com os olhos amarelos e rosna, e Bill fala “You can growl all you want, bright eyes!” (Você pode rosnar o quanto quiser, olhos brilhantes!) PERFEITO. Adoro essas brigas de macho que antes eram protagonizadas pelo Bill e o Eric. Mas na falta de Eric, vai Alcide mesmo.

O cliffhanger final é um bando de vampiros invadindo Bon Temps, o que logo nos fará ver de início na próxima temporada se realmente o Alcide se garante em proteger a Sookie (espero que não, Bill FTW). Mas acho que o que mais importou para a maioria mesmo, não foi esse cliffahanger e sim o caso Eric. Eu confesso que não estou muito preocupada porque não consigo conceber a ideia do Eric sair da série. Mas isso, meus queridos Fangers, nós apenas saberemos na próxima temporada.

Até a 7ª temporada!

Anúncios

4 Respostas

  1. Eu tb acho que a Sookie e o Bill devem ficar juntos, sou fâ dos dois.
    Adoro a série e achei que deram uma limpada.
    Até a 7ª temporada

    1. Ai, que bom! Finalmente alguém que shippa Bill/Sookie!! Obrigada pelo comentário, linda! Bjs!

  2. Se eles forem seguir a trama dos livros que originaram a série, a Sookie vai se transformar em vampira em algum ponto da trama e no fim se casa com Eric

    1. Espero que eles não sigam DD= Bill&Sookie 4ever ♥ (e até agora não tão seguindo, então…)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: