Crítica – Segredos de Sangue

png
Postado por: Yuri Hollanda
Segredos de Sangue é um interessante retrato sobre como a crueldade muitas vezes é algo adquirido por convivência. O filme mostra o lado da pessoa que é influenciada por seu meio social e familiar a ser o que é, e não porque quer.

Narrando a história da família Stoker, totalmente complicada e cheia de segredos obscuros, o roteiro de Segredos de Sangue é muito, muito bom.
A direção de Chan-wook Park te deixa de queixo caído. Não foi muito diferente da sua direção em Oldboy (esse ganhou o prêmio especial do Júri em Cannes, quando foi exibido). Os movimentos de câmera e a fotografia belíssima,fazem um filme soberbo no sentido visual.
Park faz a nojenta história da família Stoker parecer repugnante, aflitiva, em um cenário incrivelmente bonito. Isso se deve, em maior parte, a atuação incrível de Mia Wasikowska. Park conseguiu extrair tudo o que Wasikowska já tinha de bom para melhor. Ela está incrível. Interpretando India, uma adolescente mentalmente atormentada pela morte do pai, e se ver sozinha com a mãe que ela abomina e um tio que ela não vai com a cara.
Mais pra frente vemos que isso tem uma história muito mais profunda Uma história repugnante, mostrada do jeito mais visualmente bonito possível. No fim, o aspecto do filme é todo irônico, quase sempre num clima lilás, alternando entre o azul e o verde claro.
A perspectiva da crueldade e da perda pela mente da adolescente da família é bem tocante e chocante. Impactante é a palavra certa. A evolução dos personagens e uma das melhores que eu já vi. Principalmente a evolução da personagem de Mia Wasikowska. Ela é a grande revelação final (tentem memorizar a primeira cena do filme, e o que ela diz. O final traça um paralelo muito interessante).
Segredos de Sangue é cheio de mini-clímax. Tem umas quatro seqüências de tirar o fôlego. Todas na hora de uma grande revelação, ou de um grande acontecimento (acreditem, essas são cenas dignas de muitos clímax por aí. Incríveis, incríveis). Sem contar os toques de suspense e terror que podemos ver em várias cenas.
Atores ótimos como Jacki Weaver e Dermot Mulroney fazem suas participações igualmente boas. Mas o destaque vai para Nicole Kidman e Mia Wasikowska. Já falei sobre Wasikowska, e agora falarei sobre Kidman. Essa mulher está incrível nesse filme. Atuação digna de um Oscar de Melhor Atriz Coadjuvante. Park faz com que Kidman faça expressões realmente complexas, que passam as sensações do seu personagem mesquinho e que não está nem um pouco abalada com as perdas recentes.
Matthew Goode também dá show. Não tanto quanto suas duas companheiras, mas também está bom demais. Os três juntos rendem cenas incríveis.
Finalizando, Segredos de Sangue é um filme para se ver com calma. Ele não começa eletrizante, e não termina eletrizante. Ele segue uma linha sem acontecimentos crescentes, de vez em quando ele explode em uma cena, e acalma novamente. Mas vale assistir. O roteiro, fotografia, direção e atuações são tão bons, que merecem serem apreciados.
Estou torcendo para esse filme ganhar muitas coisas. E palmas mais uma vez para esse trio maravilhoso, e para a direção de Chan-wook Park. Filme belíssimo, em todos os sentidos.

Nota: 9/10

Anúncios

3 Respostas

  1. Esse filme é simplesmente foda! Não é porque tem a Kidmandiva não, é porque é foda mesmo. Nossa, super recomendo. By the way, o blog está muito bom, curti o artigo. Espero tua visita no meu e teu comentário, caso curta meu artigo também.

    1. Obrigado!!!
      Também achei o filme MUITO foda!
      E pode deixar, iremos visitar o seu blog ;*

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: