REVIEW: Hannibal “Trou Normand” (S01E09)

09 - Trou Normand
Sinopse:
A equipe persegue um serial killer que desenterra suas vítimas, criando um totem de seus corpos como um troféu macabro. Quando o corpo de Nick Boyle é encontrado, Jack e Alana questionam Abigail sobre sua morte. Enquanto isso, um segredo será revelado.
Por Alina Oliveira

A série mantem a qualidade que vem mostrando desde o começo, esse episódio focou muito mais nos personagens que no serial killer semanal. Abigail voltou e o sonambulismo de Will está cada vez pior, seus blackouts estão ficando mais longos e esse provavelmente vai ser o foco lá do final da temporada, quão louco Will vai ficar até alguém dar um jeito?

O serial killer da semana é bom, bastante dramático (mas não tanto quanto o da semana passada), ele cria um totem de corpos de vitimas que ele assassinou durante toda sua vida. Ele se entrega a policia e conta suas motivações a policia lá pelo meio do episódio, e não demonstra nenhum tipo de remorso, chegando ao extremo de dizer que o que ele mais gostava era de comparecer aos velórios. Porem, quando Will lhe conta que sua ultima vitima era na verdade seu filho, seu único legado, é visível em sua expressão o quanto isso o atinge. Não é o melhor serial killer semanal, mas é bom.

Will está cada vez mais problemático, dessa vez apagou varias horas desde de que saiu da cena do crime até chegar a sua consulta com Hannibal. Ele agora começa a encarar isso como um grande problema, e ao que parece Hannibal tenta cada vez mais leva-lo ao limite (e parece que esse limite não está tão longe), alem de, sutilmente, incita-lo contra Jack Crawford. Fica claro que ele está induzindo Will a achar que ele pode ser perigoso para as pessoas mais próximas dele, que a qualquer momento pode ser ele o assassino procurado, Hannibal planta a ideia fundo na mente de Will, e isso ainda vai render.

Me alegra muito que os roteiristas tenham retomado ao beijo entre Will e Dra. Bloom (*______*). Ele está bastante atordoado quando ela chega após mais um de seus blackouts. Esse relacionamento problemático deles é a cereja em cima do sundae delicioso que é essa série (vishhhh HAHAHAHA), é o que falta para fisgar completamente quem assiste. Ela dá a Will um motivo forte para ele procurar melhorar dessa condição em que se encontra, completamente descontrolado tendo blackouts e sonambulismo.

Abigail voltou, traumatizada como sempre, e vitima do pai, tendo visões cada vez piores das vitimas dele. O desenvolvimento dessa personagem nesse episódio é muito bem feito, ela começa sendo posta como vitima, mas ao mesmo tempo como culpada das mortes, sendo atormentada pelos seus atos. Ela decide então, dar uma entrevista exclusiva para Lunds, para que ela publique sobre o que aconteceu com ela e sobre os envolvidos (Porem, ela faz Lunds achar que é ideia dela).

Hannibal fica tremendamente apreensivo com a noticia dessa entrevista que Abigail quer dar a Lunds, já que ele não confia completamente de que ela vá guardar os segredos que compartilham. Além disso, Crawford está cada vez mais desconfiado de que tenha sido Abigail quem matou Nicholas Boyle, e a interroga quando o corpo dele (que Hannibal escondeu depois que ela o matou). Hannibal descobre que Abigail foi quem desenterrou o corpo de Nicholas Boyle, e assim sua confiança em Abigail começa a balançar.

Will tem um de seus lapsos e chega a conclusão que foi Abigail que matou Nicholas Boyle (Finalmente ein! Nossa…). E confronta Hannibal sobre o assunto, que lhe conta que foi ele que a ajudou a esconder o corpo. Usa a vulnerabilidade de Willl quanto ao futuro de Abigail e o fato dele ele se sentir pai dela em seu favor para que ele não conte a Crawford o que descobriu (não sem antes pensar duas vezes em matar Will lá mesmo, o ato é tão sutil e tão bem colocado! Ele toca de leve no bisturi em cima da mesa, e em seguida o larga, pensando melhor). Fica claro aí que o poder de manipulação de Hannibal é muito grande, grande o bastante para manipular Will, que é, no minimo, um grande conhecedor de perfis psicológicos.

Abigail nota que Will já sabe de tudo, e isso leva ela a contar a Hannibal o que ela realmente é (não sem antes ele a pressionar um pouco, do jeito dele). Conta que ajudava o pai a matar as garotas para que ele não a matasse, que ela se aproximava de cada uma delas e passava a informação a seu pai, para que ele as matasse. Esse cena é incrível e fecha o episódio muito bem, revelando a verdade sobre Abigail, que até então parecia ser a vitima de um trauma terrível, mesmo que demonstrasse ser bem manipuladora e fria por baixo da fachada de boa menina. Hannibal a guia para o seu lado, e imagino que a partir daí ele vá ensinar ela a ser uma verdadeira serial killer.

Nota do episódio: 8,5

obs. 1 Todo mundo confiando no Hannibal tst tst tst
obs. 2 Flashback da Abigail foi incrível.

Promo do próximo episódio:

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: