Review: Hannibal “Coquilles” (S01E05)

Imagem

Por Alina Oliveira

Sinopse:

Um casal é assassinado e encontrado em um motel, o assassino transforma suas vítimas em anjos. Crawford descobre um segredo sobre sua mulher.

Como a NBC decidiu pular o episódio 4, porque era muito forte pro estado de espirito dos EUA no momento (pff…), depois das bombas em Boston. O episódio exibido essa semana foi, obviamente, o 5. Fica muito claro que foi pulado um episódio já que não vemos nem sombra da Abigail, e o resumo dos episódios anteriores é bem avulso. Mas tu bem! O episódio não foi tão bom quanto os anteriores, mas é bom o bastante. Tem aquele gostinho de filler.

Começa já com o Will tendo um daqueles pesadelos recorrentes, mas agora adicionando um sonambulismo no meio. O interessante da coisa toda (além do veado enorme que simboliza algo) é que o ele vai direto falar com o Dr. Lecter, o que indica que ele já confia bem mais nele. Há um momento em que Lecter tenta por Will contra Crawford, e mesmo que fique obvio e o Will saiba disso, ele consegue manipula-lo mesmo assim, mostra o quão persuasivo o personagem consegue ser.

É bem divertido ver a cara que o Crawford faz quando Will da uma resposta petulante para ele, todo mundo sai de perto e como sempre ele eleva a voz demais (Que que é isso Lawrence Fishburne?!).

O serial killer dessa semana é novo, e bem legal no começo, porem quando vão analisando ele mais as motivações dele não são tão interessantes assim, mas o conceito dos assassinatos são muito bons, com certeza. O que não influencia em nada nas cenas em que o Will está fazendo suas deduções, ela são sempre muito boas e as desse episódio não são diferentes. Ver todo o processo dele é tão divertido, as cenas no laboratório também são ótimas, há toda uma progressão de ideias e dá para acompanha-la razoavelmente. No final, Will reclama de que resolver esses crimes tá fazendo mal para a saúde psicológica dele, porem ele não se demite do trabalho.

O que dizer da conversa dos Crawford com o Lecter na mesa de jantar? Incrível, tudo que ele fala é ambíguo  Dialogar sobre a tortura de animais enquanto estão comendo carne humana faz jus ao estilo mórbido da série, e o Lecter falando que faz questão de que o açougueiro trate bem os animais que vão para o abate, só deixa mais claro o sadismo do personagem.

O episódio meio que é mais centrado no cancer, tanto do serial killer como o da mulher do Crawford. As consultas dela com o Lecter valem mais para ver a atuação do Mads Mikkelsen que pela história dela mesmo, muito triste ter câncer e tudo mais, porem não me interessou nem um pouco esse storyline (E durante essas cenas eu só conseguia pensar “Cadê a Abigail?). Muito tocante a conversa do Jack com a mulher, ele descobrindo sobre o câncer, mas bastante desinteressante na minha opinião, espero que deixem esse assunto pra lá depois desse episódio. Mas foi ótimo ver que o Will quis apoiar Jack, ajudá-lo num momento difícil.

Nota do episódio: 8

obs.1: Hannibal cheirando todo mundo no episódio, que excêntrico.
obs.2: E aquela escultura de veado no consistório do Lecter, será que tem algo a ver com os pesadelos do Will? Será que ele, subconscientemente desconfia do dr. Lecter e os pesadelos é a mente dele tentando avisar que algo tá errado? Descobriremos um dia, eu espero.
obs.3: O episódio 4 foi editado e liberado como web series e está disponível na internet. Ele mostra o relacionamento da Abgail com o Lecter, e é até interessante. O produtor falou que o episódio vai ser disponibilizado em breve fora dos EUA, então vamos esperar né.

Promo do S01E06 (que está muito bom, promete ser melhor que esse!) com participação de Eddie Izzard:

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: