Review : Game of Thrones – “Valar Dohaeris”: S03E01

Sem Título-1

Postado por: Fernando Antônio

Sinopse:

Jon é levado perante Mance Rayder, o Rei Além da Muralha, enquanto os sobreviventes da Night’s Watch (Patrulha da Noite) rumam para o sul. Em King´s Landing (Porto Real), Tyrion pede sua recompensa, Littlefinger (Mindinho) oferece uma saída a Sansa, e Cersei oferece um jantar para a família real. Arya se encontra com a Irmandade Sem Bandeiras. Dany navega para a Baía dos Escravos. 

O inicio desse primeiro episódio do terceiro ano da serie Game of Thrones veio pra mostrar que ela é uma serie incrivelmente bem desenvolvida, ao invés de apelar para um inicio realmente estrondoso como outras series fazem(e acabam esquecendo dos que viram a seguir) ela continuou a historia do anterior quase como se nada tivesse mudado, principalmente do núcleo de Kings Landing que se não fosse pelos ótimos atores não teria ficado tão incrível.

Temos uma conversa da Lena Headey(Cersei) com o Peter Dinklage (Tyrion) que conseguiu só por atos mostrar o quanto as coisas mudaram depois da batalha de Blackwater, a sua “cela” é algo que o prende, mas que o faz se sentir seguro, assim como sua família, a única coisa que junta os Lannisters é seu medo, e vemos que Tyrion nunca esteve tão só em toda serie. Depois temos conversa de Peter com Charles Dance(Tywin Lannister), é muito bom como um personagem pode mudar tanto dependendo do ponto de vista, Charles Dance durante a segunda temporada sempre parecia “melhor” do que parecia para todos, e esse contraste de como ele haje fora e dentro de casa é algo que só ajuda na construção da serie. Valar Dohaeris também mostrou que Margaery(Natalie Dormer) esta no jogo para lutar, diferente de todos os outros ela tenta ganhar a dança do trono de ferro com amor, pisando até na merda para conquistar os moradores das baixada das pulgas ao mesmo tempo que ataca outros personagens, é incrível como a serie consegue adicionar ao jogo algo tão discretamente perigoso, Cersei já esta percebendo o jogo dela? é algo que saberemos nos episodios que vão vir; e para finalizar os comentários sobre o as pessoas de porto real, vemos que Sansa (Sophie Turner) mudou, a “brincadeira” dela com Shae (Sibel Kekilli) mostra que a personagem não é mais boba e romântica por que é, ela esta se fazendo, ao brincar invés de aceitar a realidade, a personagem pela primeira vez parece ter decidido mudar de atitude, ao invés de se submeter a tudo que jogam para ela, ela foi buscar ajuda do Mindinho para fugir(quem leu o livro pode não gostar muito disso), e é isso é algo que todos já esperavam a muito tempo.
Daenerys (Emilia Clarke) já esta muito a frente na sua luta pelo trono, dessa vez indo para Astapor. Preciso dizer que se teve um problema nesse episódio ele foi o timing, enquanto Kingslanding foi praticamente uma extensão do que vimos na finale, aqui a trama parece ter se movido a passo largo, os dragões dela estão enormes (mas não o bastante segundo a personagem) e o navio esta a milhas de distancia, ao chegar em Astapor conhecemos os Imaculados, exercito escravo que a personagem quer comprar para seguir batalha, ao voltar ao porto, vemos que alguém esta seguindo ela, uma criança da uma bola de madeira a ela e quando ela menos espera a coisa se abre revelando uma manticora, o estranho que antes a seguida mata o monstro e se revela Sir Barristan Selmy, vi que muitos reclamaram da revelação de quem ele era tão cedo, eu não sei o que achar, não sabemos o quão isso vai mudar a trama que no livro demorava pra acontecer, mas aposto minhas fichas que vai ficar muito melhor, assim como a trama dela na season 2 que era muito chata no livro.

No lado selvagem da serie finalmente chegamos na aldeia do rei para alem da muralha; Mance Rayder, a conversa dele com Jon foi uma das coisas mais legais do episódio, finalmente estão evoluindo Jon que andava muito preso com manto negro, falando em manto negro o episódio começou (mais ou menos) com a batalha do punho do primeiros homens, que de nada teve de batalha com exceção do Sam correndo de um Wheight e depois recebendo um carão, já era esperado que a serie cortasse a batalha então não cheguei a ficar com raiva, o único problema do episódio foi a falta de ritmo em algumas cenas e o fato de terem colocado certas coisas só para sabermos que o personagem estava vivo, Robb Stark e Catlyin em sua minúscula aparição pareciam bastante deslocados do resto em Harrenhal. E para as partes técnicas não preciso falar que a fotografia da serie é perfeita não é? principalmente quando lembro que isso é uma serie, o roteiro não estava lá dos melhores mas comparado a varias series e filmes não da para desmerecer, e os efeitos estavam magníficos, Astapor, Os dragões e o gigante, e sem falar da abertura que dessa vez mostrou de novo Astapor e Winterfell em chamas, e não da para não lembrar da HBO que faz um trabalho incrível com a serie no brasil ao exibir simultaneamente? enfim, esse foi um episódio dos Lannisters, quem esta ansioso para rever os Starks? então fiquem com a promo do próximo episódio Dark Wings, Dark Words.

O Episodio foi Dirigido por Daniel Minahan, Roteirizado por David Benioff & D. B. Weiss e exibido no dia 31 de março de 2013 com uma alta audiencia de 4.40 milhões de telespectadores.

“Você é um homem inteligente, mas não tão inteligente quanto acha que é.” – Cersei Lannister
“E continuo mais inteligente que você.”
– Tyrion Lannister

Direção: 9,5

Roteiro: 8

Atuação: 10

Nota do Episodio: 9

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: